30/06/2015

Aliança salva pastor durante tiroteio em Irajá

O pastor José de Souza Campos, 78 anos, estava na estação de metrô em Irajá (RJ) na noite desta quinta-feira (25) quando começou um tiroteio que causou pânico entre as pessoas e deixou três feridos.
A bala que atingiria Campos acabou batendo na aliança que ele tinha no dedo e ele não se feriu por milagre. “A aliança que estava no meu dedo salvou minha vida e, possivelmente, a de algum outro passageiro”, disse ele.
O tiro partiu a aliança de casamento e o objeto foi mostrado durante uma entrevista dada pelo pastor ao Bom Dia Rio, da TV Globo. “É uma aliança verdadeira”, disse Marina Campos, esposa do pastor, falando sobre a crença do marido em Deus.
Policiais e criminosos trocaram tiros e três suspeitos foram baleados na ação que juntou policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) e do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 41º BPM (Irajá).
Entre os feridos pelas balas perdidas estão dois taxistas que foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. Os carros roubados pelos criminosos foram apreendidos juntamente com duas pistolas.
Ao que parece, o tiroteio começou quando os criminosos perceberam que estavam sendo seguidos pela polícia. Um deles desceu do carro e começou a disparar contra a PM que revidou o ataque. O segundo carro roubado dava cobertura aos criminosos que também participaram da troca de tiros. gospel prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário