06/09/2015

PG conta testemunho de restauração familiar: "Antes de me converter, eu tinha raiva de família"

O clipe da música "Ser Alguém", do novo CD do cantor PG, contou com duas atuações inéditas: a de sua esposa e sua filha. O vídeo, que faz parte do álbum "S.E.T.E", tem um significado ainda maior quando comparado ao testemunho de vida do cantor sobre a restauração de sua família.

Durante coletiva de imprensa realizada pela gravadora Som Livre nesta quarta-feira (2), PG disse ao Guiame que enxerga o grande valor de sua família, porque já viveu na pele o que é viver em um lar destruído. "Meu pai foi um alcoólatra compulsivo. Ele chegava em casa, batia na minha mãe, trancava ela no banheiro para brigar, saia com faca. Para você ter noção, eu tive que ir com a minha mãe buscar ele na delegacia porque ele pegou uma faca brigando com um cara, e esfaqueou ele dentro do bar", relatou o cantor.

Crescer em meio a situações como essas, fez com que PG tomasse para si um trauma de família. "Antes de me converter, eu tinha raiva de família, eu não acreditava na base da família", disse ele. No entanto, aos 15 anos, PG saiu de Batatais, cidade em que cresceu no interior de São Paulo e se mudou para a capital, onde foi trabalhar junto com os primos, morando sozinho.
 
Conversão de valores
 
Um desses primos o convidou para ir a um evento, em fevereiro de 1993. Chegando lá, sob efeito de drogas e bebidas alcoólicas, PG se deparou com um culto de evangelismo realizado pela Igreja Renascer em Cristo, na antiga sede. Foi lá que ele aceitou Jesus e fez a oração que mudou a sua vida.
 
"Quando fui lá na frente, eu estava sóbrio dentro da minha consciência, eu sabia o que estava fazendo e só falei assim: 'Deus, eu não te conheço, mas só te peço uma coisa, me dê uma família, porque eu não aguento mais viver a vida que eu estou vivendo'", relatou PG. "Quando eu fiz essa oração, foi a única coisa que eu pedi para Deus. Eu não sabia o que pedir, eu não pedi para ser salvo; o pastor orou pela minha salvação e eu cri naquilo, mas o meu desejo de salvação passava por ter uma família restaurada."
 
Dois anos depois de fazer essa oração, o irmão mais novo de PG se converteu. Seis anos depois, foi sua mãe. "Através da minha conversão e da minha vontade de mudar minha história através de Deus, Ele foi trazendo todo mundo, até que trouxe a minha esposa — que também teve muitos problemas com o pai dela, que já teve amantes, não dormia em casa e foi assassinado na porta de casa", relembrou o cantor. 

 
Família unida
 
PG sempre é visto acompanhado de sua família. Casado há 16 anos, sua esposa trabalha no escritório do ministério musical, e a pequena filha sempre os segue. Mas o cantor garante que essa união sempre existiu. 
 
"Se vocês olharem para trás e verem as minhas imagens, vão ver que eu sempre estive com a minha esposa e com a minha família, eu sempre tive prazer disso. Eu nunca fui daquele cara crente que agora coloca foto com a esposa do lado para chamar atenção, para trazer o povo para a igreja ou para o show. Eu não faço média com isso, eu sou assim há muito tempo, eu não fiz isso agora", disse ele.
 
PG também garante que não existe família perfeita, mas assim como a sua, toda família tem seus atritos em busca de estar dentro do formato familiar idealizado por Deus. "Falar que eu sou bom na foto é uma grande mentira, a gente tem os nossos problemas. Tem dia que ela acorda zangada, tem dia que eu acordo mau humorado, isso é normal. Tem dia que tenho que colocar minha filha de castigo e ensinar o caminho em que ela deve andar, tem dias que ela tem que aprender o que é ser filha sim. Mas isso tudo é para que eu não perca o formato de família que Deus me deu", disse o cantor.
 
O desejo de PG é que sua família sempre participe de tudo o que faz — no entanto, a exposição ainda é uma barreira para sua esposa. "Ela é totalmente avessa, quem a conhece, sabe. Para tirar foto é difícil, para você ter noção. A minha filha é o contrário, quando ela soube que participaria do clipe, ela já começou a fazer pose, perguntou se ia enterrar a guitarra também", disse ele, fazendo referência à cena onde a guitarra é enterrada por um garoto.
 
Assista ao clipe da música "Ser Alguém":
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário