16/11/2015

Pastor faz “ato profético” para curar Rio Doce

Por causa da tragédia que se abateu na região do vale do Rio Doce, no oeste de Minas Gerais, milhares de pessoas foram afetadas pela lama vinda do rompimento de uma barragem da mineradora Samarco. Peixes morreram pela falta de oxigênio na água e ambientalistas já decretaram que os danos são irreversíveis e o rio está ‘morto’.
O pastor Flamarion Rolando, da Igreja Quadrangular de Governador Valadares, tomou uma atitude ao mesmo tempo arriscada e corajosa. Ele realizou na sexta-feira (13) um ‘ato profético’. Foi até a beira do rio atingido pela lama e lançou sobre ela sal. Fez uma oração e clamou que Deus as limpe e mande chuva.
No vídeo postado no Facebook, ele faz menção do relato bíblico de 2 Reis, capítulo 19. Segundo a Bíblia, esse foi o primeiro milagre do profeta Eliseu, realizado na cidade de Jericó. Ele foi procurado pelos moradores por que as águas da fonte que todos bebiam estavam “amargas” e causavam a morte.
Usando a prerrogativa de profeta, Eliseu pegou um pouco de sal e jogou no lugar e decretou:  “O que o Senhor Deus diz é isto: “Eu fiz esta água ficar pura, e ela não provocará mais mortes nem abortos”.
O ato de Flamarion poderá dar resultado e, caso isso venha a acontecer, será reconhecido verdadeiramente como profeta. Contudo, na Bíblia a ação de Eliseu deu resultado imediato. Não foi assim como o pastor da Quadrangular. Por outro lado, essa demonstração pública pode não passar de uma tentativa desesperada de fazer algo que está além da força humana.
Nesse caso, existe uma advertência clara no livro de Deuteronômio: “Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele” (Dt 10:22). Ou seja, segundo o padrão do mesmo Antigo Testamento que ele citou no ‘ato’, o pastor será conhecido como um ‘falso profeta’.
Os comentários da postagem no Facebook, mostram que os evangélicos estão divididos. Enquanto muitos defendem a ‘atitude de fé’ de Flamarion, outros tantos o criticam por estar tentando ‘aparecer’ com o vídeo.
Ao mesmo tempo, o pastor Marco Feliciano publicou em seu perfil o relato de que todas as noites, numa praça no centro de Governador Valadares, membros de várias denominações estão se reunindo com o propósito de clamar a Deus por socorro. Enviado por um morador da cidade, as fotos mostram uma grande quantidade de fiéis ajoelhados em oração. gospel prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário