30/12/2015

Boxeador cristão doa 150 casas para desabrigados

A estrela do boxe filipino Manny Pacquiao, campeão mundial em oito categorias diferentes, está usando um bom montante de seu dinheiro para a Glória de Deus, doando 150 unidades habitacionais para desabrigados.
A sensação do boxe e da política filipina, de 36 anos, teria gasto cerca de $604.000 de seu próprio bolso para construção de casas em Bales Village, em Maasim, cidade filipina que ele serve como congressista.
“Dê graças a Deus por aquilo que você recebeu hoje. É um dom de Deus”, disse Pacquiao a umareportagem do site PhilBoxing.com sobre o projeto, que é conhecido como “Pacman Village”, em alusão ao apelido do lutador, e estará pronto no início do próximo ano.
“Ele está apenas me usando para ajudá-lo. Cuide bem da propriedade e não venda-a”, completou o lutador.
Cristão sincero, Pacquiao leva no coração às palavras de Paulo em Hebreus 13:16, onde o apóstolo escreve: “Mas não vos esqueçais de fazer o bem e de repartir com outros, porque com tais sacrifícios Deus se agrada.”
No futuro, Pacquiao planeja construir um total de 600 unidades: “Há ainda muitos espaços aqui, onde podemos construir mais casas. Meu objetivo é construir mais 600 unidades para acomodar mais desabrigados aqui”, afirmou.
A ação de Pacquiao foi elogiada pelo líder da comunidade em Bales Village, Tino Alcala, por sua incomparável generosidade e vontade de sacrificar seu próprio conforto em prol daqueles que mais precisam.
“Este é o tipo de líder que estamos procurando. Ao contrário de outros congressistas, que desaparecem depois da eleição, Congressista Pacquiao está sempre presente quando precisamos dele”, disse Alcala. “Pacquiao nos faz sentir que o governo está cuidando bem de nós.”
Pacquiao pretende se despedir do Boxe em 2016 para se dedicar exclusivamente à carreira política. Ele concorrerá a uma vaga no Senado no ano que vem.
“Votar em candidatos que sejam competentes e com um bom coração. O futuro do país depende do tipo de líderes que escolhemos”, disse Pacquiao.
“Você deve estar orgulhoso de mim como seu congressista. Eu não vou roubar o dinheiro do governo, na verdade, eu estou gastando meus próprios recursos para ajudá-lo. Não vou vender meus princípios e nem o meu voto no Congresso”, encerrou. Com informações de Gospel Herald

Nenhum comentário:

Postar um comentário