12/07/2016

TV por assinatura da Igreja Mundial tem sinal cortado por falta de pagamento

O canal de TV por assinatura da Igreja Mundial do Poder de Deus teve o sinal suspenso da NET por falta de pagamento. A emissora, chamada Rede Mundial, teve o corte confirmado pela operadora.
A informação foi anunciada pelo jornalista Ricardo Feltrin, colunista do portal Uol especializado em TV.
“A Rede Mundial, canal da igreja evangélica criada por Valdemiro Santiago, saiu do ar na operadora Net. A coluna apurou que o motivo foi descumprimento de contrato e falta de pagamento por parte da igreja à operadora, que tem custos para distribuição de canais. Procurada, a Net confirmou a suspensão do contrato, mas não quis revelar o motivo”, informou Feltrin.
A Igreja Mundial, liderada por Valdermiro Santiago, vem perdendo receita há quatro anos, desde que a TV Record veiculou matéria denunciando desvio dos dízimos e ofertas e o enriquecimento de seu fundador.
“O autointitulado apóstolo, ex-membro da Igreja Universal, acabou sendo investigado pelo Ministério Público e, pior, pela Receita Federal. Valdemiro teve de se desfazer de fazendas, gados, veículos e outros bens”, acrescentou Feltrin.
Horas depois de a matéria do Uol ir ao ar, a NET restabeleceu o sinal da Rede Mundial, e novamente, a operadora confirmou que o canal tinha sido suspenso e posteriormente voltado à grade de programação, mas voltou a se recusar a esclarecer os motivos.
Sintonizada pelo canal 25 na grade da NET, a Rede Mundial pertence, na verdade, ao Grupo Spring, que edita a revista Rolling Stone. Antes de ser Rede Mundial, esse era o canal da MTV, quando essa emissora era administrada pelo Grupo Abril. Agora, a Igreja Mundial arrendou o canal junto ao Grupo Spring, e transmite sua programação 24 horas por dia. com informações g noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário