24/01/2018

Silas Malafaia processa youtuber por calúnia e difamação

De acordo com o colunista do jornal O Globo, Ancelmo Gois, o pastor e líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, entrou com um queixa-crime contra Felipe Neto, o youtuber que tem mais de 18 milhões de seguidores. O pastor Malafaia acusa o comediante de calúnia, injúria e difamação.
No ano passado o youtuber Felipe Neto gravou um vídeo criticando o pastor Silas Malafaia por conta de sua opinião contrária a um desenho da Disney que promove a causa gay tendo as crianças como público alvo.

Malafaia pedia o boicote à Disney, assim como ele fez em outras ocasiões contra grupos e empresas que promovem o movimento LGBT, tanto em relação a relacionamentos, quanto a imposição da ideologia de gênero.
Felipe postou um vídeo dizendo que Malafaia é, entre outras coisas, “canastrão” e que “explora a fé das pessoas para enriquecer”.
O vídeo em que Felipe Neto acusa Malafaia de enriquecer tirando dinheiro dos fiéis tem mais de três milhões de visualizações.
Com informações JM Notícia e O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário